você está em: homenotícias


notícias


03/08/2010 -Grupo EDP instala rede dedicada de abastecimento de veículos elétricos em São José dos Campos



voltar


Empresa é pioneira no País a desenvolver um projeto de Mobilidade Elétrica, que já soma 16 postos nos Estados de São Paulo e Espírito Santo

São Paulo, 03 de agosto de 2010 - A EDP no Brasil, empresa do Grupo EDP Energias de Portugal, avança mais uma fase no plano de ampliação do seu projeto de rede dedicada de abastecimento elétrico no País. No dia 03 de agosto, a Empresa inaugura mais três postos no estado de São Paulo, em São José dos Campos, área de concessão da sua distribuidora de energia EDP Bandeirante.

A cerimônia de entrega, realizada no Centro de Operações Integradas (COI), no Centro de São José dos Campos, conta com as presenças de António Pita de Abreu e Miguel Setas, presidente e vice-presidente de Distribuição da EDP no Brasil, respectivamente, e Eduardo Cury, prefeito de São José dos Campos.

Como parte da iniciativa, a Companhia também entregará ao município 15 bicicletas elétricas para uso da Guarda Civil Municipal e da Secretaria do Meio Ambiente.

Pioneira em mobilidade elétrica no Brasil, a EDP deu início ao projeto piloto em janeiro deste ano pelo estado do Espírito Santo, área de atuação da distribuidora EDP Escelsa. “Temos planos de estruturar uma rede de abastecimento que esteja plenamente operacional quando houver uma frota significativa de veículos elétricos circulando. Estamos certos de que esta será uma realidade em médio prazo no Brasil e estaremos preparados para oferecer infraestrutura adequada”, explica António Pita de Abreu, diretor-presidente da EDP no Brasil.

Com a inauguração em São José dos Campos, a Empresa amplia para 16 o número de postos de recarga no País, somando os dez do Espírito Santo, a maioria dos quais em Vitória, e outros três de Guarulhos, na Grande São Paulo. A proposta é chegar a 20 até o fim deste ano.

Dentro do projeto, a EDP já doou 75 bicicletas elétricas e deve criar uma frota de 90 destes veículos circulando nas localidades em que estão instalados os postos de carregamento.

O projeto de mobilidade elétrica integra a política de inovação do Grupo EDP, constituindo-se em uma prioridade estratégica. “Esta é a linha mestra que está conduzindo a Companhia a estimular soluções inovadoras e a apostar em novos modelos de negócios, com foco em energia limpa. O investimento em mobilidade elétrica também ajuda na redução da emissão de gases poluentes na atmosfera”, destaca Miguel Setas, vice-presidente de distribuição da EDP.

Miguel Setas reforça ainda que essa será a primeira vez que os postos de abastecimento terão a marca MOBI.E, parceira da EDP em Portugal para projetos de desenvolvimento urbano e de transportes.

Em São José dos Campos, os locais de instalação das estações de fornecimento serão São Francisco Xavier (Estrada Vereador Pedro David, 870 – Centro); Parque da Cidade (Avenida Lívio Gomes, 100 - Santana); e COI – Centro de Operações Integradas (Praça Afonso Pena, 59- Centro).

Para a Secretária Especial de Defesa do Cidadão da Prefeitura de São José dos Campos, Marina de Fátima de Oliveira, a utilização de bicicletas pela Guarda Civil Municipal de São José dos Campos ajuda na preservação do meio ambiente e também na aproximação dos profissionais com a população. “Tendo isso em vista, já tínhamos adotado o uso de bicicletas nas rondas no Parque da Cidade, em setembro do ano passado. Agora, com as bicicletas elétricas que estamos ganhando, poderemos ampliar a nossa área de atuação. Além disso, os guardas civis municipais terão mais agilidade e praticidade no patrulhamento”, explica a secretária.

O Secretário de Meio Ambiente, André Luiz Miragaia Mendes, considera relevante a iniciativa sustentável. “Em termos de aquecimento global é importante o incentivo a meios de transporte que não utilizam combustíveis fósseis o que acaba contribuindo também para a qualidade do ar e a saúde das pessoas”, diz.

O prefeito de São José dos Campos, Eduardo Cury, ressalta a importância do projeto. “Vejo com muita satisfação a iniciativa da EDP Bandeirante de incentivar a utilização de novas fontes de energia, que possam reduzir os poluentes do ar. Acredito que esse é apenas o primeiro passo de uma importante alternativa futura para melhorar a qualidade de vida da população nos centros urbanos”, afirma.

Reabastecimento elétrico

A recarga da bateria de um veículo elétrico é simples e pode ser feito em uma tomada elétrica normal, com tensão de 127 volts, semelhante à de um aparelho eletrônico. No caso da bicicleta elétrica, a bateria é totalmente abastecida em seis horas e pode ser comparada ao processo de carregamento de um aparelho de celular.

As bicicletas são impulsionadas por motores elétricos alimentados por baterias acopladas ao compartimento traseiro e são recarregáveis a cada 30 km percorridos. A bicicleta elétrica atinge 25 Km por hora e tem um baixo consumo de energia, próximo de 0,8 Kwh. Este consumo equivale ao gasto de uma lâmpada incandescente de 100 Watts.

Sobre a EDP Energias do Brasil – EDP Energias do Brasil, que adota a marca EDP, é a holding que consolida ativos de energia elétrica nas áreas de geração, comercialização e distribuição (EDP Bandeirante e EDP Escelsa). É controlada pela EDP Energias de Portugal.




EDP no Brasil
EDP no BrasilEletrobras Furnas
EDP no Brasil

Enerpeixe - Usina de Peixe Angical localizada no Rio de Tocantins estado de Tocantins

© Copyright 2009 - Design by Foster Web Solutions